Lagoa da Pratinha

Lagoa da Pratinha, Chapada Diamantina, Iraquara, Bahia

Localizada no município de Iraquara, dentro da Fazenda Pratinha, formada de rochas sedimentares que datam de mais de um bilhão de anos, a Lagoa da Pratinha é de uma exuberância de tirar o fôlego. Suas águas, abundantes são de um tom azul transparente que refletem um brilho prata proveniente do fundo da gruta encoberto de pequenas conchas claras e rico em calcário e magnésio. Nas águas, vivem cerca de dez espécies de peixes visualizados a olho nu.
Em sua entrada, uma lagoa de águas cristalinas possibilita o banho e a prática de esportes como a tirolesa e o caiaque. O passeio à localidade é viabilizado sempre com o acompanhamento de guias que conduzem pequenos grupos paramentados com máscaras, snorkel (para respiração) nadadeiras e lanternas – material indispensável para a prática da flutuação, que pode ser alugado no próprio local.
Essas águas esverdeadas revelam parte de mais um segredo da Chapada Diamantina. Este é o único trecho visível do Rio Pratinha, um dos maiores nos subterrâneos do Brasil. Ele tem 150 quilômetros, nasce no sertão do São Francisco e só aparece onde termina o seu percurso, na sede da Fazenda Pratinha.

Lagoa da Pratinha, Chapada Diamantina, Iraquara, Bahia

Localizada no município de Iraquara, dentro da Fazenda Pratinha, formada de rochas sedimentares que datam de mais de um bilhão de anos, a Lagoa da Pratinha é de uma exuberância de tirar o fôlego. Suas águas, abundantes são de um tom azul transparente que refletem um brilho prata proveniente do fundo da gruta encoberto de pequenas conchas claras e rico em calcário e magnésio. Nas águas, vivem cerca de dez espécies de peixes visualizados a olho nu.
Em sua entrada, uma lagoa de águas cristalinas possibilita o banho e a prática de esportes como a tirolesa e o caiaque. O passeio à localidade é viabilizado sempre com o acompanhamento de guias que conduzem pequenos grupos paramentados com máscaras, snorkel (para respiração) nadadeiras e lanternas – material indispensável para a prática da flutuação, que pode ser alugado no próprio local.
Essas águas esverdeadas revelam parte de mais um segredo da Chapada Diamantina. Este é o único trecho visível do Rio Pratinha, um dos maiores nos subterrâneos do Brasil. Ele tem 150 quilômetros, nasce no sertão do São Francisco e só aparece onde termina o seu percurso, na sede da Fazenda Pratinha.